O APPROACH DO LARANJA

Chegamos ao fim da jornada das cores com a aromática cor Laranja! Isso mesmo! Exótica, saborosa, perfumada, tonificante, equilibrada e saudável!

O Laranja habita as paletas relacionadas ao alegre publico infantil e jovem, a vitalidade, diversão, criatividade, espontaneidade e comunicação e a picos de tendência, mas, também, a ambiências oníricas, nostálgicas, vintage e retrô.

É, definitivamente a cor mais fashionista do momento!Ela também é acolhedora e próspera, a cor do por do sol. Está associada a temperaturas quentes e especialmente à estação outonal, quando as folhas caem, formando um tapete caramelo alaranjado em tons mais velhos a amarronzados.

Denominada a cor da transformação no Budismo, é possível descobrir uma série de significados e simbologias do rico Laranja, principalmente nas culturas asiáticas e orientais.

Chega mais, que esse último mergulho é em uma cor quentinha e boa demais da conta!

Cor e pigmento secundário, as forças do vermelho e do amarelo

O Laranja é um pigmento secundário, originado a partir da combinação de amarelo e do vermelho. Em se tratando de luz, também é uma cor secundária, medindo entre 590-610nm, o segundo maior comprimento de luz (o vermelho é o primeiro).

Na composição do Laranja puro, podemos acrescentar branco, cinza, preto, até azul, verde ou magenta, que ele não perderá tanto suas características, como acontece com o amarelo. Ele pode até deixar de ter intensidade e tornar-se mais contido ou “neutro”, como tons de castanho e, no entanto, manterá sua qualidade quente.

A cor complementar e, também psicológica, do Laranja é o Azul, uma vez que a primeira se associa ao palpável chão feito de terra batida, em oposição ao Azul, que simboliza a abóboda celeste.

Como cor secundária que é, o Laranja também é composto pelas simbologias do Vermelho e do Amarelo, mas de forma mais amena, equilibrada e positiva. Ele não chega a ser agressivo como o Vermelho, nem tão ativo quanto o Amarelo e, no entanto, apresenta vitalidade e entusiasmo de modo muito benéfico.

O Laranja se encontra entre o Vermelho e o Amarelo. A atividade pode ser Amarela, quando for leve e pacífica, Laranja, quando for intensa e, finalmente, Vermelha, que é o pico da excitação. Enquanto o Vermelho é o mais ponto alto, o Laranja é o caminho em direção ao objetivo.  Enquanto energia, ele também é considerado uma cor Yin, de principio feminino, mas aspirante ao masculino. (Heller, 2013: 187).

Assim como o Amarelo, o Laranja é espontâneo e traz uma visão positiva da vida. Ao passo em que o Vermelho simboliza saúde e prosperidade de forma um tanto imperativa, o Laranja adquire tais características com mais propriedade (e menos conflito ou contradição).

O Laranja é a cor do risco, da aventura, da independência, quem se inspira pelo Laranja se coloca sempre em movimento! Além disso, o Laranja está super relacionado a alimentos e, por isso, também abre o nosso apetite, devido aos seus aromas e sabores marcantes. No entanto, em excesso é capaz de elevar nossa pressão sanguínea e causar certa ansiedade, nervosismo e compulsão alimentar.

O Laranja compõe o trio das cores mais quentes, alegres e vibrantes. Junto com vermelho e o amarelo, produz combinações que apresentam grande sensação de aquecimento, além de aproximação, expansão, extroversão e intimidade.  De certa forma, este trio existe dentro do próprio Laranja e por isso ele é descrito e experienciado como cor aconchegante, convidativa e incentivadora a comunicação social. Se o laranja fosse um signo, seria Gêmeos!

Essa tal intimidade foi super explorada inclusive pela publicidade e propaganda ao longo do século 20, como feito com o vermelho, até as pessoas enjoarem delas. Heller em sua bíblia sagrada das cores “Psicologia das Cores” relata que por volta dos anos 1970 a indústria utilizou para tudo que fosse o laranja, apresentado novos designs. Esta cor não era notada apenas no bronzeado, tão característico da época, mas em absolutamente tudo que fosse sintético ou de plástico (mas não só dele), desde eletrodoméstico, decoração a ferramentas manuais e brinquedos, muitos brinquedos. E o que era moderno e ousado tornou-se “ultrapassado”, hoje é vintage.

Quem aí não tem uma peça Laranja no armário? Uma bolsa, um cinto… não precisa investir em uma mudança completa no closet, mas um toque dessa cor vai trazer uma energia extra aos seus looks!

Acompanhe aqui que eu vou trazer mais informações pra vocês! Lets go!

Andresa M Caparroz

Leave a Comment