USANDO A COR LARANJA

Que o Laranja veste melhor peles quentes, não há dúvidas! Assim como o Amarelo denuncia uma cor fria, o Laranja ressalta aspectos azulados e acinzentados da pele. Na ausência destas características, (típicas de uma pele fria), ele assentará de forma natural. Lembra do contraste simultâneo, aquele que acontece porque nosso cérebro intensifica sempre as cores complementares? Então, cores opostas são também de temperaturas opostas e, se quisermos ver uma cor caindo de modo harmônico em nossa pele, é preciso identificar nosso subtom. Continue Reading ›

O APPROACH DO LARANJA

SIGNIFICADO DA COR LARANJA, POR aNDRESA M cAPARROZ

Chegamos ao fim da jornada das cores com a aromática cor Laranja! Isso mesmo! Exótica, saborosa, perfumada, tonificante, equilibrada e saudável!

O Laranja habita as paletas relacionadas ao alegre publico infantil e jovem, a vitalidade, diversão, criatividade, espontaneidade e comunicação e a picos de tendência, mas, também, a ambiências oníricas, nostálgicas, vintage e retrô.

É, definitivamente a cor mais fashionista do momento! Continue Reading ›

AMARELO, A COR MAIS DIFÍCIL?

Quem fica bem de Amarelo? Você já ouviu alguém afirmar que as morenas ficam lindíssimas vestindo Amarelo? Ou que é preferível que uma loira não use Amarelo, para não ficar desbotada?! Eu já ouvi diversas vezes isso, e durante as análises de coloração pessoal essa teoria desmorona! Mas, por quê?

Isso acontece porque cores quentes naturalmente caem melhor em peles de traços quentes e as frias em peles frias… Parece óbvio, mas até a página 1. Continue Reading ›

O (RELATIVO) PROTAGONISMO DO AMARELO

Fonte da imagem original

Pigmento primário, luz secundária

Lá vamos nós falar de uma forma um pouco mais técnica, mas prometo que vai ajudar a compreender melhor o Amarelo no círculo cromático e na sua utilização!

O fato é que o Amarelo está tão associado à luz que, em nossa cabeça, a luz acaba sendo vista como amarelada. #soquenao.  O Amarelo é apenas uma das ondas da luz. Lembrando que a luz, que é energia, vibra em ondas eletromagnéticas. Tudo que vibra tem som e cor. A faixa de comprimento do Amarelo corresponde a 570 – 590nm. Em se tratando de cores primárias da luz, o Amarelo é uma cor secundária, resultante da aproximação da luz verde e vermelha. Esse método de composição de cor/luz pode ser inclusive experimentado com o padrão RGB (utilizado em TV e conteúdos digitais). Continue Reading ›

UMA COR SOLAR – ENERGIA, ALEGRIA E INTELIGÊNCIA

A nossa jornada das cores entra em sua reta final, passando pela cor mais sorridente, alegre, enérgica e otimista: O Amarelo.

A cor da felicidade, da alegria, do otimismo e da energia. O Amarelo está associado ao universo jovem e à prosperidade. Ele também se relaciona a ação, espontaneidade, curiosidade, inteligência e vivacidade. Ao calor e à luz do sol, marcando o verão. Ele é considerado a cor oficial do otimismo! Continue Reading ›

O USO PSICOLÓGICO DO ROSA

simbologia do Rosa, sua história.

 Imagem: Artista plástico Valerio Loi

Nem todo mundo gosta da cor Rosa, exatamente por vê-la como muito doce e otimista. E, na maioria das vezes, feminino e infantil. Pode ser essa a explicação, caso você não encontre muito desse tom no seu guarda-roupas, mesmo que ele esteja na sua cartela de cores (quer saber qual é a sua? Conheça o serviço de coloração pessoal aqui! ). O Rosa está associado à delicadeza, cortesia, sensibilidade, aconchego, ternura, doçura, amabilidade e sensibilidade.

Ele carrega psicologicamente consigo as mais positivas características do Branco e do Vermelho, criando uma simbologia de alta frequência vibratória, e muito mais branda e alegre que o intenso Vermelho, muito mais impactante. Essa é a mais pura “energia de amor” e, também, a do otimismo. Tanto que dizemos que ver a vida com “lentes Cor de Rosa” é conseguir apreciar o lado bom da vida e, em último grau, fantasiar sobre ela. Esta associação é antiga. Eva Heller nos conta que as pinturas da Idade Média retratavam o lar dos santos com casinhas Cor de Rosa, que simbolizavam os locais aonde os milagres aconteciam (2013: 218).

Continue Reading ›

ROXO: ALTA FREQUÊNCIA, DUALIDADE E ESPLENDOR

 

Em se tratando de luz, o violeta é a onda mais curta, medindo aproximadamente 380 – 450 nm. Quanto menor o comprimento, maior é a frequência vibracional.

A alta frequência da luz violeta pode nos trazer muitos benefícios físicos e mentais. Estudos científicos a respeito da cromoterapia têm sido realizados e trazidos até nós de uma maneira mais confiável, desvinculando tal conhecimento do universo esotérico. Continue Reading ›

O VISÍVEL E INVISÍVEL VIOLETA

Violeta, roxo, púrpura, lavanda, lilás… são todos roxos? São todos iguais?

Certamente, você não vai ver o roxo/violeta e suas variações entre as preferidas. Até porque as pessoas têm certa dificuldade em classificar a própria cor ou suas diversas nuances! Quem tem contato com as cores sabe que um tiquinho a mais de vermelho, magenta ou azul, muda completamente sua nomenclatura. Isso sem falar nas demais, como o branco, preto, cinza e o amarelo, que também podem compor o roxo de modo diferenciado. Continue Reading ›

ATENÇÃO: USANDO O VERMELHO!

O vermelho, a cor mais impactante que temos, foi escolhida para sinalizar mundialmente o “pare” dos semáforos, pois é considerada a luz menos natural e mais distinta se comparada ao céu. É natural que esse código de “parar” ou de chamar atenção que o vermelho ganhou seja transferido para outras situações. Analogias mil são realizadas e dessa forma o signo é expandido, assim como todos os outros.

Essa cor tão nobre também cansa mais as nossas vistas, pois exige mais do nosso aparelho ocular. Junto com as demais cores quentes (laranja e amarelo), ela nos parece mais próxima e dá a sensação de expansão dos objetos, roupas ou qualquer outro elemento. A explicação está no fato de que, para vermos tais cores, nosso cristalino se acomoda para focar melhor, criando, então, a sensação de  estarem perto. Continue Reading ›

O VERMELHO E O FEMININO

Imagem original: Brutamor

Atualmente, o vermelho e suas nuances remetem ao universo feminino quase que instantaneamente, basta reparar nas embalagens de produtos para mulheres ou nos buquês de flores, associados ao estereotipado universo feminino pela publicidade. No entanto, ele imperou como a cor simbólica da energia masculina – o vermelho ativo, positivo, quente e agressivo, em oposição ao azul feminino, suave, delicado e imaterial.

Já falamos em Azul 2/3 que esse padrão simbólico não diz respeito ao gênero nem a orientação sexual, pois se trata de uma característica que todos nós temos, em maior ou menor evidência. É sempre interessante buscarmos assimilar a energia ou poder de expressão que cores, formas e elementos carregam e usar tudo isso em nosso favor. Continue Reading ›